Pin It

images

Quais os benefícios da DIETA LOW CARB ?

A alimentação Low Carb tem uma reputação de produzir perda de peso rápida reduzindo a fome ou a necessidade de contar calorias.

Mas se você se interessa por melhorar a saúde, aprender a se alimentar de forma mais saudável, conhecer os alimentos que podem prejudicar a sua saúde e muito mais, aqui temos 10 benefícios da dieta Low Carb.

  1. Redução de peso até 3x maior do que outras dietas

Cortar carboidratos é uma das maneiras mais simples e eficazes para perder peso. Dietas de baixo carboidrato parecem ser particularmente eficazes em até seis meses, mas depois em uma parcela das pessoas o peso começa a rastejar de volta até porque as pessoas desistem da dieta e começam a comer as mesmas coisas antigas.

Um estudo publicado no Jornal de Medicina da Nova Inglaterra provou isso. No experimento, foram divididos 132 indivíduos com IMC acima de 43, sendo alguns fazendo uso da Low Carb e outros da Low Fat (dieta com baixa ingestão de gordura). Resultados: o grupo low carb perdeu uma média de 5,8kg, enquanto o grupo low fat perdeu 1,9kg.

images

  1. Resultados rápidos e visíveis

Não vai demorar para você ouvir os elogios de amigos e familiares. Fazendo tudo certinho, é possível perder de 1 até 4kg por semana! Depende da sua força de vontade e do seu organismo. Quando comemos alimentos com açúcar e carboidratos, o hormônio insulina é liberado como uma reação, a fim de elevar a glicose no sangue

(açúcar). Insulina é muitas vezes chamado de “hormônio de armazenamento de gordura”, porque um de seus trabalhos é dar o sinal às células para armazenar a maior quantidade possível de energia disponível.

  1. Faz você ganhar músculos com mais facilidade

Quer um corpo mais definido e musculoso? A Low Carb vai te ajudar muito, afinal, você estará consumindo mais proteínas, que são as responsáveis por aumentar a massa muscular! As proteínas são nutrientes importantes ao organismo, uma vez que fornecem ao nosso corpo aminoácidos, estes são importantes para funções estruturais, motoras e metabólicas, e são componentes essenciais dos músculos e da formação de colágeno. Além disso, as proteínas auxiliam na produção de hormônios, enzimas e na regulação das funções imunológicas.

  1. Desincha

Carboidratos, naturalmente, retêm muita água. Como você não estará consumindo muito desse nutriente, toda a sua retenção líquida vai por água abaixo!  As dietas pobres em carboidratos tendem a se livrar do excesso de água do corpo. Porque elas reduzem os níveis de insulina, levando a rápida perda de peso na primeira semana ou segunda.

  1. Não deixa você passar fome

Na Low Carb, precisamos comer mais proteínas. E, como a proteína é digerida de forma mais lenta pelo nosso organismo, a sensação de saciedade aumenta muito! A dieta Low Carb ajuda a “secar” porque ao reduzir o carboidrato, consequentemente o corpo usa gordura como fonte de energia.

images

  1. Efeito rejuvenescedor

Excesso de doces pode causar glicação, que é um processo no qual a glicose (açúcar) causa mais rugas, flacidez e aspecto de envelhecido. Como na Low Carb o consumo de açúcar é super baixo, sua pele ficará muito melhor! A melhor maneira de reduzir os níveis de açúcar no sangue e insulina é reduzir o consumo de carboidratos. Esta é também uma maneira muito eficaz para tratar e até mesmo reverter diabetes.

  1. Melhora a qualidade do sono e seu humor

Excesso de açúcar pode gerar irritabilidade. Menos açúcar no sangue é sinônimo de um sono mais reparador e de um humor mais estável!

  1. Faz com que você aprenda a controlar o exagero

Menor ingestão de carboidratos gera maior saciedade, fazendo com que seu desejo por doces seja muito menor, o que te ajuda a emagrecer.

  1. Previne diabetes

A Low Carb é extremamente eficaz no tratamento de diabetes tipo 2. Menos carboidrato é sinônimo de menos açúcar na corrente sanguínea! Quando comemos carboidratos, eles são divididos em açúcares simples (principalmente glicose) no trato digestivo. De lá, eles entram na corrente sanguínea e elevam os níveis de açúcar no sangue.
Há realmente uma solução muito simples para esse problema… cortando os carboidratos, você remove a necessidade de toda a insulina porque a glicose fica baixa. Quanto mais insulina no organismo, mais ele se torna resistente a ela e é necessária maiores quantidades deste hormônio para transportar a mesma quantia de glicose, aumentando o risco do quadro de resistência à insulina que pode evoluir para o diabetes tipo 2.

  1. Poucas restrições

Muitas pessoas confundem Low Carb com Zero Carb. Low Carb quer dizer apenas baixo carboidrato. Não quer dizer que você vai viver sem ele! O problema dos carboidratos é que ao serem consumidos em excesso, a glicose a mais que é liberada por eles é transformada pela insulina em um tipo de gordura que é armazenada do tecido adiposo. Além do aumento de peso, o exagero nos carboidratos pode elevar o risco de desenvolvimento de diabetes do tipo 2.

Os carboidratos bons são os chamados de complexos são absorvidos lentamente. Isso que dizer que eles não causam um aumento instantâneo nos níveis de glicose e fornecem energia de maneira constante e estável ao organismo. Vegetais, grãos e alimentos com baixo índice glicêmico são fontes de carboidratos complexos.

images

Cardápio Low Carb

 

Com alguns carboidratos que são aceitos na dieta, os carboidratos bons.

  • Batata-doce

O índice glicêmico da batata-doce é 44 e sua quantidade de carboidratos é de 20 g.

  • Cenoura

Índice glicêmico baixo – 16 -, a cenoura crua tem 5,84 g de carboidratos por unidade de tamanho médio.

  • Aveia

Outra fonte de carboidratos complexos é a aveia, com índice glicêmico de 55.

  • Maçã

A maçã contém pouco mais de 19 g de carboidratos por unidade de tamanho médio e seu índice glicêmico é de 52.

Outro dos alimentos ricos em carboidratos bons é o brócolis que contém um índice glicêmico de valor 20 e 7 g de carboidratos a cada porção de 100 g.

  • Berinjela

Com um índice glicêmico de valor 20, a berinjela contém 6 g de carboidratos a cada 100 g.

  • Tomate

O índice glicêmico do tomate também é 20, porém, sua taxa de carboidratos a cada 100 g é de aproximadamente 4 g.

  • Aspargos

O índice glicêmico dos aspargos é de 20 e ele contém 3,9 g de carboidratos a cada 100 g.

  • Gorduras boas

Muitos alimentos ricos em gorduras também possuem pouca quantidade de carboidratos. Contudo, somente alguns deles são opções saudáveis de low carbs. Azeite, oleaginosas e abacate são gorduras consideradas mais saudáveis, tratam-se das gorduras insaturadas. Estudos mostram que o consumo destes alimentos é benéfico para a prevenção de doenças cardiovasculares e derrames. Esse tipo de gordura poderia aumentar os níveis de HDL e diminuir o LDL colesterol, diminuindo risco de infartos ou aterosclerose.

Entre outros que também são aceitos no cardápio Low Carb para emagrecer.

images

This post has 3 comentários

Deixe seu comentário aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu comentário será verificado pela administração.

Já Vai? Antes de Ir Baixe Seu E-book!

Nele Encontrar Os Melhores Alimentos para sua Dieta!